sexta-feira, 16 de janeiro de 2015

Apresentando: O Cheleto.



Provavelmente todo mundo que nos acompanha já deve saber que nós somos "motoqueiros". Sim essa é uma das coisas que temos incomum: AMAMOS MOTO.

Desde que me conheço por gente, ando de moto, até costumo dizer que nasci andando de moto pois meu pai sempre teve, e o amor dele por essas lindas de duas rodas passou para mim.

Quando eu conheci o Guilherme, lá atrás quando a gente ainda era amigo e só conversava pelo Orkut e msn, ele ainda não tinha moto. Bom, o tempo passou e como já contei para vocês nós dois nos afastamos e depois de uns dois anos voltamos a conversar.
Num certo dia ele me convidou para sair, para nós nos conhecermos melhor, eu aceitei, lógico HAHA. Foi ai que ele me disse "só não arruma o cabelo, porque eu tenho moto.". Gente JURO não sou Maria Gasolina, mas meus olhinhos brilharam, afinal ia sair com um guri lindo e de moto que é uma coisa que eu sou apaixonada.

Ok, ele me buscou no colégio, naquela época eu tinha 15 anos, e estava MUITO nervosa de andar na garupa dele, mas fui toda sorridente, passamos uma tarde linda no shopping e no marinha (parque aqui de porto alegre), no fim do dia ele me levou de volta pra casa, e no outro dia ele já tava lá em casa de novo, sim pessoal, ele me pediu em namoro no SEGUNDO dia que a gente se viu, depois de fazer ele ir falar com a minha mãe eu aceitei, bom mas isso tudo eu já contei um pouco pra vocês, sobre nosso primeiro beijo e tudo.

Voltando ao assunto, tenho mania de colocar nome nas coisas, aprendi isso com meu pai e minha mãe que sempre colocaram nome em carros e motos que tiveram, atualmente meu pai tem a Stela (moto dele) e minha mãe tem o Gurizinho (carro dela). Então decidi que a moto do Guilherme deveria ter um nome também, pensando no assunto, cheguei a conclusão que não podia ser qualquer nome, mas sim um nome que fizesse o Guilherme pensar em mim sempre que falasse, por isso ficou CHELETO, de Chelly HAHAHHA  e agora ninguém se refere mais como a moto e sim como o cheleto, tanto na familia do Guilherme quanto na minha, e adoro isso, pois ele já é membro da família!

O cheleto é uma fan 125, maravilhosa, sou apaixonada por ela e o Guilherme também. O cheleto já nos levou pra tudo o que é lugar e nunca nos deixou na mão, por mais que seja uma moto simples é o nosso grande tesouro. Lembro bem da nossa primeira ida para praia sozinhos com o cheleto, foi incrível, com certeza uma grande aventura que nunca vamos esquecer, e estamos prontos para novas aventuras com o nosso companheiro amado Cheleto.

Bom, isso foi um pouco mais da nossa história e do nosso grande amor pelo Cheleto.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Já chegou até aqui, então deixe sua opinião sobre o post, vamos adorar saber. ❤